segunda-feira, julho 25, 2016

Polêmica - RETORNO DE RADIALISTA EM EMISSORA DE IPU CAUSA DIVERGÊNCIA ENTRE PROPRIETÁRIOS

A Rádio Iracema está protagonizando uma das mais tensas querelas políticas de Ipu dos últimos tempos. O recente retorno do radialista Rogério Palhano, inimigo-mor da Família Carlos, à emissora para apresentar um programa político do grupo situacionista Liberdade liderado pelo Prefeito Sergio Rufino (PCdoB), com o consentimento do empresário Bosco Farias, um dos donos da rádio, contrariou uma ordem anterior do empresário Marcelo Carlos.

Marcelo, irmão do pré-candidato a Prefeito Diego Carlos (PDT) e um dos acionistas da emissora, já havia determinado o afastamento de Palhano da Rádio no final do ano passado. Bosco, segundo noticias da imprensa ligada ao Prefeito, vendeu ações da rádio para Rufino o que lhe deu condições para exigir o retorno de Rogério a Rádio.

Na última sexta, 22, o Jornalístico recebeu ordem de Marcelo através do diretor Dário Augusto para ser retirado do ar, o que levou a uma agitação interna nos estúdios da rádio a qual só foi amenizada após o chefe de Gabinete Tião Rufino falar ao telefone com o filho de Zezé Carlos. Minutos depois o noticioso voltou ao ar. No sábado, 23, correligionários do Prefeito foram convocados para irem ao estúdio da rádio para fazerem uma demonstração de apoio a manutenção do programa político, promovendo um intenso foguetório nas proximidades da " AM 1360".

O Blog tomou conhecimento que o empresário membro da Família Carlos vai acionar o meio jurídico para resolver essa questão. Por outro lado, Bosco Farias tem sinalizado que vai manter o contrato feito com os irmãos Rufinos para que permaneça Rogério Palhano no ar. Nesse vespeiro, tem até antigos acionistas da Rádio que são correligionários dos Irmãos Rufino, dizendo que juridicamente continuam ainda tendo poder de posse na emissora junto a Anatel, pois aditivos contratuais não foram devidamente oficializados junto ao Ministério das Comunicações.

Em meio a contratos assinados, aditivos firmados em cartório, prováveis interpelações judiciais e até retaliações, a emissora fundada em 1989 por Gomes Farias e que publicamente foi comprada por volta de 1999 pelos Irmãos Carlos e Bosco Farias, ficando cada um dos lados com 50%, será o centro de uma tensa queda de braços nos próximos dias. Estranhamente, até então, sempre houve uma relação política e empresarial harmoniosa entre os acionistas. 

Como pano de fundo dessa polêmica, está o interesse do Prefeito Sergio Rufino, após não ter conseguido abrir um canal de FM em tempo para a campanha que já se inicia, em ter programas políticos que promovam a defesa da sua administração e ataques aos seus opositores políticos. Utilizar o rádio para este fim virou praxe corriqueira em ambos os grupos políticos da cidade nas últimas décadas, sobretudo depois que o rádio passou a ser um componente imprescindível na arregimentação de correligionários e mobilizações políticas. 

domingo, julho 24, 2016

Pires Ferreira - GRUPO DE OPOSIÇÃO VAI AO RÁDIO E FAZ CONVITE PARA CONVENÇÃO DIA 30 (SÁBADO)

O Grupo de oposição política em Pires Ferreira, à frente os pré-candidatos a prefeito; acadêmico José Augusto (PSDB - pré-candidato a prefeito), e a pré-candidata a vice-prefeita, vereadora Jamile Carneiro Mesquita Mororó (PMB) estiveram juntos neste sábado (23-07-2016) participando do Programa Política em Debate (Rádio FM Cidade), apresentado pelo âncora, radialista Rárrison Ramon (participação especial do comunicador Adriano Pereira).
Na ocasião os pré-candidatos anunciaram o convite para grande convenção partidária que irá acontecer no dia 30 de julho à partir das 18 horas na sede do município, pelo Partido da Mulher Brasileira (PMB).
Com essa união familiar, e histórica, o pré-candidato a prefeito, José Augusto, filho do ex-prefeito de Pires Ferreira, Torrim e da ex-prefeita de Ipu, Corrinha Torres, deu um importante passo político para essa longa caminhada neste pleito competitivo para as eleições de 2016. A notícia soou como uma "Bomba Política" neste município. Segundo informações não oficializada pelos candidatos, serão anunciadas novas adesões políticas até a convenção marcada já marcada. Vamos aguardar e confirmar os fatos políticos deste município.
Respeitando a Lei Eleitoral, os pré-candidatos ponderaram em não responderem perguntas, se entendendo somente para o convite da convenção. O deputado estadual Adilon Aguiar (PMB) teve a sua participação via telefone, saudando o Grupo por essa nova proposta de renovação política para Pires Ferreira.
 
com informações e fotos de Afrânio Soares - Portal Aconteceu Ipu

CONVENÇÕES PARTIDÁRIAS MOVIMENTAM SUCESSÃO DE FORTALEZA

A temporada das convenções partidárias já teve início em Fortaleza. A primeira aconteceu na última sexta-feira (22), quando o PSTU homologou o sindicalista Francisco Gonzaga como candidato a Prefeito da Capital Cearense.
Entre os demais candidatos a prefeito de Fortaleza, o próximo que deverá ser homologado é o deputado federal, Ronaldo Martins. No dia 30, o seu partido, o PRB fará sua convenção municipal, provavelmente com a presença do senador Marcelo Crivela (RJ), maior expoente da sigla no país.
No domingo, dia 31, haverá a maior concentração de convenções. Neste dia, o PSB deverá homologar o nome do deputado estadual, Heitor Férrer. O evento acontecerá no ginásio do Colégio Ari de Sá (Centro), a partir das 9 horas, com a presença de Marina Silva (Rede Sustentabilidade) que indicará o vice na chapa do socialista, o advogado Dimas Macedo.

No mesmo dia, o PT oficializará o nome de Luizianne Lins. O nome do candidato a vice ainda não foi definido. Já o PHS homologará o nome do candidato Tin Gomes, com local ainda indefinido. O PSOL, por sua vez, lançará o nome do vereador João Alfredo.  A convenção acontecerá possivelmente na sede partidária, com a presença do deputado federal Chico Alencar (RJ).
Ainda no dia 31, o Partido da República (PR) fará, no Parque Esportivo do Colégio Farias Brito, na Aldeota (Rua Júlio Abreu, 284), a partir das 8 horas, sua convenção que deverá homologar o nome do deputado estadual Capitão Wagner para a disputa pelo executivo fortalezense.
O PDT, por sua vez, deverá realizar sua convenção para homologação do nome do atual prefeito Roberto Cláudio, no fim do prazo, provavelmente, no dia 5 de agosto no ginásio do Colégio Ari de Sá (Centro).
com informações do Ceara Agora

Sobral e Massapê - INTERVENÇÃO DO PP COMPROMETE CANDIDATURAS DE ALIADOS DOS FERREIRA GOMES

Padre Zé e Antonio José perderam o comando da sigla para Adail
O reempossado presidente regional do PP, deputado federal Adail Carneiro, irá decretar nesta segunda-feira, 25, intervenção nos diretórios municipais de todos os 184 municípios do Ceará. À medida deixou aterrorizado o Palácio Abolição pela envergadura da derrota sofrida.

Apoio Financeiro
O presidente da Câmara de Fortaleza, vereador Salmito Filho, procurou Adail e propôs pagar os R$ 19 milhões que a prefeitura da Capital devia às empresas de Adail imediatamente, caso não mexesse no controle do PP, mantendo o apoio à reeleição de Roberto Cláudio.
Salmito Filho ofereceu ainda mais R$15 milhões em novos contratos para as empresas de Adail Carneiro. Todas essas propostas serão investigadas pelo Ministério Público Eleitoral. O prefeito Roberto Cláudio será forçado a pagar o que deve imediatamente, sem receber em troca o PP. Quanto aos novos contratos sugeridos por Salmito Filho, o MPE irá investigar. 

Sobral e Massapê
Porém, tanto Salmito quanto Roberto Cláudio quebraram a cara. Adail Carneiro se mantém firme no propósito de não manter a aliança com os Ferreira Gomes nem em Fortaleza, nem em Sobral, nem em Massapê, muito menos no Crato. 

O Prefeito de Massapê, Antonio José, filho do deputado Zezinho Albuquerque, será o mais prejudicado pois pode não ter legenda para ser candidato a reeleição. Em Sobral, o Pe.Zé Linhares que estava até pleteando a Vice de Ivo Gomes acabou perdendo o controle estaula da sigla. 
Com informações do Cearanews

CDL DISCUTE COMO TIRAR O TURISMO IPUENSE DA ESTAGNAÇÃO

A Câmara de Dirigente Lojistas de Ipu em reunião ordinária na noite desta sexta-feira (22/07) no Auditório da Casa de Cultura Maria Valderez Soares com o SEBRAE e Secretarias Municipais de Infraestrutura e Meio Ambiente debateram o tema do encontro: "O desenvolvimento turístico de nossa cidade".
O evento contou com as presenças da diretoria da CDL, tendo a frente o presidente Sebastião Filho (Mix Eletrônicos); representando o Governo Municipal os secretários de meio ambiente Sebastião Monteiro e de infraestrutura Beto; do diretor chefe do Escritório do Sebrae de Tianguá, Francisco das Chagas Terceiros Magalhães; Lucileide, representante do SEBRAE DE Tianguá  e do gerente da agência do Ipu do Banco do Brasil, João Bosco.
Para o diretor Chefe do Sebrae no que depender dele o Ipu voltará a ser inserido na rota turística do estado e nacional. "O turismo de Ipu a gente ver com um pouco de preocupação, durante a reunião buscamos soluções com os órgãos aqui presente, para resgatar que o Ipu sempre teve" ressalta.
No último dia 14 desse mês o Ministério do Turismo divulgou o novo mapa turístico do Ceará, no qual dentro da região da Ibiapaba o município de Ipu não estava inserido. O estado reduziu de 62 para 59 o número de municípios participantes de suas 12 regiões turísticas. O levantamento foi divulgado pelo Ministério do Turismo, em Brasília. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas. (reveja a matéria)
O presidente da CDL de Ipu, disse que o tema turismo foi antecipadamente decidido, antes mesmo da notícia divulgada pelo Ministério do Turismo "Nesse semana fomos surpreendido com a notícias que nosso município está fora o novo mapa turístico do Ceará, apesar o fato não ter nada haver com nossa reunião, pois o tema foi decido a mais de um mês. Nós já estávamos preocupado com o turismo de Ipu" enfatiza Sebastião Filho.
Com informações do Ipunoticias.com

"Fichas Limpas" - TCM LIVRA POLÍTICOS COM PRESCRIÇÃO DE PROCESSOS

Sergio Aguiar está entre os beneficiados
A poucos dias da divulgação da lista dos “fichas sujas” no Ceará, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) segue aplicando lei que prevê a prescrição de processos na Corte. Com duas ações questionando legalidade da prática tramitando há dois anos na Justiça, mais de 1,8 mil gestores e ex-gestores cearenses já se livraram de julgamentos desde julho de 2014.
Algumas das prescrições envolvem casos anteriores à aprovação da lei e até ações onde foi apontado prejuízo aos cofres públicos – o que é vetado pela Constituição Federal. Com prescrição inclusive de processos de gestores já condenados pelo Tribunal, procedimento é visto como verdadeira “faxina” de fichas entre críticos.
A prescrição de contas não julgadas em até cinco anos foi instaurada em Emenda à Constituição (PEC) de Tin Gomes (PHS), aprovada em 2013 pela Assembleia. Votada em maio daquele ano sem envolver casos retroativos ou que tivessem prejuízo ao erário, proposta foi alterada “às escondidas” para incluir ações do tipo em nova votação em dezembro.
Após meses de reviravoltas e embates entre o pleno do TCM e o conselheiro Pedro Ângelo – voto isolado na crítica da medida –, a prescrição passou a ser aplicada a partir de julho de 2014. De lá até junho deste ano, 1.873 processos foram arquivados na Corte, incluindo casos onde havia condenação prévia ou farta documentação apontando irregularidades.
Na última semana, julgamentos do tipo geraram inclusive novos embates entre Pedro Ângelo e o pleno. Como muitos casos envolvem mais de um gestor, número total de políticos incluídos é de difícil precisão. Entre eles estão políticos de peso no Estado, incluindo prefeitos de grandes municípios, ex-secretários de Estado, quatro deputados federais e sete deputados estaduais.
Filho de Chico Aguiar, presidente do TCM, o ex-prefeito de Camocim e deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT) é um dos beneficiados pela lei. O fato de terem ações prescritas, no entanto, não significa que os gestores tenham cometido qualquer irregularidade.
Fonte O POVO

Sobral - IVO ANUNCIA CONVENÇÃO DO PDT PARA O DIA 5 DE AGOSTO

O Deputado Ivo Gomes (PDT) confirmou para o dia 5 de agosto às 17h, uma sexta-feira, a convenção do seu partido a qual deverá oficializar seu nome como candidato situacionista à Prefeitura de Sobral. O irmão do ex-governador Cid Gomes não confirmou o local do evento, mas informações de bastidores nos confirmam que  o evento deve acontecer na quadra do Colégio Luciano Feijão.
Ainda não está decidido quem será o Vice de Ivo, o qual terá um duro páreo contra Moses Rodrigues (PMDB). O prefeito Veveu Arruda quer emplacar um membro do seu PT para a Vice, mas a cúpula do FGs ainda não bateu o martelo.

Cunha: "FICAREI CONHECIDO POR DERRUBAR DOIS PRESIDENTES"

Um interlocutor de Eduardo Cunha saiu apavorado de uma conversa recente com o político. Bem ao seu estilo, que mistura megalomania e ameaças, o ex-presidente da Câmara cunhou uma frase de efeito: “Ficarei conhecido por derrubar dois presidentes do Brasil”.
Estaria ele se referindo também ao Presidente Temer? Estaria Cunha insatisfeito com o abandono que tem sofrido pelo presidente e por integrantes da cúpula do governo. 
com informações do Radar Veja

sábado, julho 23, 2016

UNIÃO DOS GRUPOS DE OPOSIÇÃO EM GUARACIABA COMPROMETE A REELEIÇÃO DE REGIVALDO

prefeito Regivaldo
O projeto de reeleição do Prefeito Regivaldo Cavalcante (PDT) está seriamente comprometido. Se já não bastasse a ruptura com seu "criador" político, o ex-prefeito Egberto Martins, Regivaldo assistiu na última semana a confirmação que as oposições estarão totalmente reunidas.
O médico Adail Machado (PMDB) terá como o Vice Egberto Filho (Pros). Além dessa forte união, também há o apoio do ex-prefeito Assis "Painho" Teixeira e do empresário Carvalho ao grupo de oposição.
Diferente de 2012, quando as oposições estavam divididas, nesse ano a coesão dos líderes políticos, apesar das contradições pois existem arestas entre eles que teoricamente não foram resolvidas, lhes deixariam com a vitória pavimentada.
Não será surpresa se Regivaldo sofrer a maior derrota eleitoral da história de Guaraciaba do Norte. 
Egberto Filho
________________________________________________________________________
MATÉRIA RELACIONADA ABAIXO

APOIO DA EX-PREFEITA CORRINHA SERÁ IMPORTANTE PARA QUEM QUER VENCER A ELEIÇÃO DE IPU

Em 2012 a ex-prefeita Corrinha Torres (PSDB), após ter sido traída por membros do seu próprio grupo político, resolveu ficar neutra na política ipuense. Mas há uma grande expectativa que a líder da épica Família Pica Pau, vitoriosa no pleito municipal de 2004, neste ano de eleições não fique "em cima do muro".
Teoricamente com forte presença no eleitorado de situação, Corrinha que teve suas contas desaprovadas numa manobra apoiada pelo atual prefeito Sergio Rufino, não tem motivos para apoiar os Irmãos Rufino. Membros do grupo Liberdade chegam até a desdenhar desse apoio, pois acham que em nada somaria o apoio da ex-gestora pois seu eleitorado hoje está dentro do grupo de situação. 
Porém, sabe-se que os filhos de Corrinha, jovens militantes na política de Pires Ferreira, tem uma relação muito próxima e de amizade com o candidato oposicionista Diego Carlos.
O apoio de Corrinha somado a uma militância sua, poderá ser decisivo nos rumos das eleições que se aproximam.

ARLETE ENTRA NA DISPUTA PARA SER VICE DE SERGIO RUFINO

Arlete e Antonieta numa disputa interna
O Prefeito Sergio Rufino (PCdoB) só vai anunciar seu Vice aos 45 do segundo tempo, ou seja, em 5 de agosto, data provável da convenção do grupo Liberdade.
Já é sabido que Sergio descartou o Coronel Fanico Martins (PT). Apesar de ser um nome de muito respeito pela sociedade ipuense e com livre trânsito até em setores da oposição, o militar da reserva está sendo preterido pela sua cunhada Antonieta Peres (PT). Os irmãos Rufino já ventilam para pessoas próximas que a esposa do ex-prefeito Simão Martins iria equilibrar a chapa com a presença feminina de uma ex-primeira Dama.
Quem também tentou se mostrar como um nome para Vice foi o ex-diretor do SAAE Elisafran Carneiro. Mas o fato de comandar o PR de Ipu, partido que faz forte oposição ao governador Camilo Santana, inviabiliza teoricamente Carneiro como um possível companheiro de chapa de Rufino. 
Mas nos últimos dias, em meio a possibilidade de confirmação de Antonieta como a Vice de Sergio, a Vereadora Arlete também passou a demarcar território querendo ser a Vice da chapa de situação. A edil que já foi por duas vezes colocada de lado pelos Irmãos Rufino na eleição da presidência da Câmara, agora exige o reconhecimento da sua fidelidade e submissão aos Irmãos Rufino. 
Pelo visto, Sergio Rufino não vai conseguir um estratégico Vice vindo da oposição, tendo que se contentar com alguém de dentro do seu próprio grupo e decidir se aceita a pressão de Arlete. 

Inimigo dos Fgs - JUSTIÇA DEVOLVE À ADAIL CARNEIRO O CONTROLE DO PP

A desembargadora Vera Correa, do tribunal de Justiça do Ceara (TJCE), decidiu no final da tarde de hoje (22) devolver o controle do Partido Progressista(PP) ao deputado federal Adail Carneiro. A decisão é duro golpe na reeleição do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio.
Adail Carneiro reassume o comando do PP cearense e já nesta segunda deve promover uma intervenção em todos os 184 municípios do Estado. A medida visa a eliminar toda a influência no partido do presidente da Assembleia, deputado Zezinho Albuquerque e do ex-governador Cid Gomes.

A ascensão de Adail Carneiro afetará diretamente a reeleição do prefeito de Massapê, Antônio José, que não deverá ter legenda para concorrer a um novo mandato. Barrará a candidatura do deputado Zé Ailton Brasil à Prefeitura do Crato e levará o PP a trocar de palanque em Fortaleza: abandona Roberto Cláudio (PDT) e passa a apoiar Capitão Vagner (PR).

Intervenção nacional
Adail foi alçado ao cargo por intervenção do presidente nacional da sigla, Ciro Nogueira, após a votação do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) na Câmara dos Deputados, em abril. Porém ação junto ao TJCE acabou reconduzindo Zé Linhares ao comando, em maio.
FonteCearanews7.com

sexta-feira, julho 22, 2016

Vídeo Polêmico - DEPUTADO CABO SABINO (PR) ATACA GOVERNADOR E COMANDO DA PM

O deputado federal Cabo Sabino divulgou, nesta quinta-feira (21), vídeo nas redes levantando suspeita sobre o Comandante Geral da Polícia Militar do Ceará, Coronel Giovani Pinheiro, de utilizar o cargo para acobertar bandidos e políticos ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital). No vídeo, o parlamentar cita uma série de acontecimentos que provam, segundo ele, a omissão do Coronel Pinheiro frente ao combate ao crime organizado no Ceará. Por diversas vezes, o comandante é avisado pelo serviço de inteligência da Polícia, sobre ações de criminosos e, em vez de enfrentar os bandidos, sabota operações da instituição para salvá-los.

Camilo Santana
Cabo Sabino ainda cobra do governador um posicionamento diante do crime organizado no Ceará: "Está na hora do senhor dar uma resposta aos bandidos do Estado do Ceará e provar que o senhor não está de joelhos diante do crime organizado, que está comandando, inclusive, as suas forças policias, que são um bando de frouxo".
O deputado ainda acusa o governador de não abrir diálogo sobre a crise na Segurança Pública e sobre os comandantes dos órgãos por pura rixa política. Segundo ele, Camilo tem se recusado a receber representantes da categoria por presumir que se trata de assuntos eleitoreiros.
com informações do Cearanews7.com

Pires Ferreira - JOSÉ AUGUSTO ANUNCIA JAMILE MORORÓ COM SUA VICE

Confirmando aquilo que o Blog do KT já tinha anunciado, as eleições municipais de Pires Ferreira, ex-distrito de Ipu, caminham para serem um páreo competitivo. Confirmando as nossas previsões, o pré-candidato José Augusto Torres (PSDB) deu ontem um passo importante para o seu êxito eleitoral ao anunciar em uma rede social a sua Vice. O filho da carismática Corrinha, ex-prefeita de Ipu, anunciou a Vereadora Jamile Mororó como sua companheira de Chapa.
Filha do ex-prefeito Enoque Mororó e cunhada do atual Vice-Prefeito de Pires Ferreira, Lanusse Torres, Jamile foi a segunda Vereadora mais votada última eleição com 519 votos(PP).
Esse fato político soou como uma "bomba"  política e deve provocar mais adesões a dupla de jovens candidatos, comprometendo mais ainda a reeleição da Prefeita Marfisa Aguiar.
Os dois jovens pré-candidatos da oposição estarão concedendo entrevista neste sábado, 23 de julho na Rádio FM Cidade, Programa Política em Debate apresentado por Rárrison Ramon com a participação especial do comunicador Adriano Pereira.

Sobral - DINHEIRO DO FUNDEB FOI UTILIZADO PARA COMPRAR SANDUICHEIRA DE R$ 2.416,00

Uma compra de sanduicheiras para escolas da Prefeitura de Sobral, na Zona Norte, tem causado polêmica no Município. Tudo por conta da “bagatela” da gestão na compra do equipamento. Segundo dados do Tribunal de Contas dos Municípios, o Município pagou R$ 2.416,00 por cada sanduicheira, em valor pago por recursos do Fundef.
Segundo o TCM, dez “sanduicheiras tipo doméstica, com lâmpadas sinalizadoras, com capacidade para dois lanches” foram adquiridas entre abril e maio de 2014 – cada uma por R$ 2,4 mil. No comércio local, itens do tipo costumam sair por cerca de R$ 80.

Sanduicheiras industriais
Procurada pelo Blog, a Prefeitura de Sobral confirmou a compra dos equipamentos pelo preço indicado. A gestão afirma, no entanto, que os itens comprados na verdade foram sanduicheiras industriais, com capacidade para até 24 lanches, e não do tipo doméstico como o portal indica.
A Prefeitura afirma que já está fazendo levantamento do material e das notas fiscais para provar a aquisição dos equipamentos de produção em larga escala. Na página do TCM, a aquisição de outras sanduicheiras de nível industrial é indicada, mas elas saem por preço diferente, de R$ 2.627,00 por unidade.
Disputa acirrada
Apesar da justificativa oficial, publicações com links para o TCM já circulam em ampla escala em páginas de notícias locais e nas redes sociais, seguidos de críticas à gestão. Coisas de ano de eleição.
Com os deputados Ivo Gomes (PDT) e Moses Rodrigues (PMDB) no páreo, Sobral deve ter uma das eleições mais disputadas do interior do Ceará em 2016.
Fonte O Povo.com

MARQUETEIRO DE DILMA ADMITE QUE RECEBEU US$ 4,5 MILHÕES DE CAIXA 2

O marqueteiro João Santana e sua mulher e sócia, Mônica Moura, foram interrogados na tarde desta quinta-feira na ação penal em que são acusados de recebimento de propinas do esquema montado na Petrobras, e confessaram que, ao serem presos em fevereiro pela Polícia Federal, mentiram no inquérito. Ao juiz federal Sergio Moro, o casal esclareceu que 4,5 milhões de dólares recebidos por meio do doleiro e operador de propinas Zwi Skornicki era dinheiro da campanha eleitoral de Dilma Rousseff, em 2010.
Segundo Mônica, os valores recebidos por meio do operador eram relativos a “dívidas da campanha presidencial de 2010 (Dilma) e Zwi lhe foi indicado pelo então tesoureiro do PT, João Vaccari Neto”. Ela negou, contudo, que soubesse que o dinheiro tinha origem em propinas do esquema Petrobras. Afirmou que está disposta a colaborar com a Justiça, mas só o fará com “acordo assinado”.
Ao ser questionada por Moro sobre o motivo de não ter admitido o caixa 2 logo que foi presa, em fevereiro, Mônica Moura respondeu que estava tentando “poupar” Dilma em meio ao impeachment. “Primeiro, porque eu passava por uma situação extrema. E o país estava vivendo um momento muito grave política e institucionalmente. As coisas acontecendo com a presidente Dilma, todo o processo, eu não quis atrapalhar esse processo, eu não quis incriminar, não queria contribuir com uma coisa para piorar. Acabei falando que (recebeu) de campanha no exterior. Eu queria apenas poupar (Dilma) de piorar a situação.”
Mônica não quis responder sobre os depósitos e pagamentos da Odebrecht que fazem parte de outra ação penal – referente ao Setor de Operações Estruturadas da empreiteira, conhecido como “Divisão de Propinas”. “Excelência, sobre isso prefiro falar no outro processo. Como eu disse estou disposta a falar, a colaborar com a Justiça, inclusive mediante acordo com a Justiça. Pretendo falar tudo sobre isso, não quero me furtar a falar nada, nenhuma informação, mas no outro processo.”
Mônica Moura foi categórica ao dizer na audiência que o caixa dois é uma prática corriqueira nas campanhas eleitorais. “Caixa dois nunca deixou de haver.” Ao final da audiência, desabafou. “Nunca soubemos de Mensalão, de propinas na Petrobras. Somos publicitários, nunca recebi propina, sempre recebi pelo meu trabalho. Não sou agente público, não sou política, não sou empreiteira. Sempre trabalhei para partidos políticos, fazendo campanha.”
(Com Estadão Conteúdo)

terça-feira, julho 19, 2016

VICE PREFEITO CRITICA GESTÃO SERGIO RUFINO E DEFENDE RENOVAÇÃO COM ATITUDES

Em uma boa entrevista concedida ao site Ipunoticias, o Vice Prefeito de Ipu, Carlos Eduardo (SD) fez duras críticas a atual gestão municipal liderada pelo Prefeito Sergio Rufino (PCdoB) e defendeu a renovação política na cidade.
O filho do ex-vereador Nonato Martins, destacou, entre outros pontos, que o Turismo não está sendo explorado. Falou também que a cultura e a educação precisam serem valorizadas.
Sobre o grupo "Nova Via", o qual fundou com o Vereador Adriano Melo mas que implodiu no percurso desse ano, Eduardo evasivamente disse  teve que ouvir uma "mensagem de Deus" ao justificar o porquê desistiu da sua candidatura à Prefeito de Ipu. 


LEIA MATÉRIA RELACIONADA ABAIXO


quinta-feira, julho 14, 2016

QUEM VENCEU E QUEM PERDEU COM A ELEIÇÃO DE RODRIGO MAIA?

A ascensão do deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao cargo de presidente da Câmara tem muitas causas. Uma delas é relevante do ponto de vista da macropolítica: a vitória foi uma reação do establishment partidário contra o avanço de uma massa amorfa de pequenas e nano legendas.
Quem saiu derrotado de maneira acachapante foi o chamado centrão, o punhado de siglas sem expressão ideológica definida e mais de 200 deputados. Embora seja filiado ao PMDB, o deputado Eduardo Cunha (RJ) era o grande patrono desse “sindicato de partidos”.
Na noite de 4ª para 5ª feira (13 e 14 de julho), o centrão tinha um candidato “de raiz” que seria “inevitavelmente” eleito –era o que se ouvia nos corredores do Congresso. Tratava-se de Rogério Rosso, filiado ao PSD (sigla criada por Gilberto Kassab) e eleito por Brasília.
O Palácio do Planalto fez carga a favor de Rogério Rosso. Enxergava nele o protagonista ideal para os próximos meses. Primeiro, Rosso daria corda para o processo de cassação de Eduardo Cunha tramitar apenas velocidade normal. Nada de acelerar demais. Segundo, sendo de um partido sem história nem cara muito definidas, estaria disponível para empunhar todas as bandeiras da equipe econômica dentro da Câmara.
Na hora da votação deu tudo errado. Uma aliança para lá de improvável foi sendo amalgamada por Rodrigo Maia. Além do próprio partido (é sempre bom lembrar: o DEM antes foi PFL, um galho nascido da antiga Arena), foram entrando no projeto siglas tradicionais como o PSDB e nacos significativos do PMDB, do PT e do PC do B.
As esquerdas fizeram uma espécie de ato de contrição. Embarcaram na “ética da responsabilidade” weberiana: optaram pelo que consideravam o “mal menor” (na comparação entre Maia e Rosso).
A rejeição a Eduardo Cunha também contou. Rosso ficou muito identificado com o ex-presidente da Câmara. Maia, que até pouco tempo era um eduardista convicto, converteu-se há algumas semanas na nêmesis do peemedebista. Passou a pregar um final rápido para o processo de cassação de Cunha.
Quando o resultado da votação foi anunciado aos 13 minutos desta 5ª feira (14.jul), o plenário da Câmara explodiu em gritos de “fora, Cunha”. A latência com que esse sentimento estava naquele ambiente ficou muito clara – e Rodrigo Maia foi beneficiário direto desse fenômeno.
A rejeição a Cunha e os apoios orgânicos de partidos tradicionais acabaram atraindo os expressivos 285 votos a favor de Rodrigo Maia. Já Rogério Rosso, que teria um piso de 200 apoios (a base do centrão) encaçapou apenas 170 e saiu derrotado.
Não está claro se a Câmara vai mesmo entrar numa nova era, com o fim da micropolítica dominando todas as decisões por meio da presença dos partidos pequenos. Talvez seja excesso de otimismo achar que isso possa ocorrer –afinal, o líder de Michel Temer na Casa é André Moura, do nanico PSC de Sergipe.
O fato é que a derrota do centrão emitiu um sinal: até um colegiado que tem fama de não se preocupar com a baixa popularidade às vezes reage.
Rodrigo Maia fez diversos acordos com as siglas das quais recebeu apoio. Esses acertos serão testados em breve, nas votações de reformas importantes que o Planalto enviará ao Congresso. Só então será possível aferir se uma certa civilidade voltou à Câmara –ou se o que se viu no início da madrugada desta 5ª feira foi apenas uma miragem.
Para terminar, há também uma incógnita no ar: como reagirá o centrão a partir de agora? Ninguém sabe. Muito menos como será o comportamento do Planalto diante de sua base fracionada como se viu na eleição de Rodrigo Maia.
Fonte: Uol

PSOL DE SOBRAL FARÁ CONVENÇÃO NESTE SÁBADO (16)

Diante da aproximação do pleito em que serão eleitos o Prefeito, o Vice-prefeito e os Vereadores de nossa cidade, o Partido Socialismo e Liberdade – PSOL/ Sobral promove no próximo sábado, 16 de julho, no horário de 8h as 10h, na Câmara de Sobral, uma entrevista coletiva em que serão apresentados à comunidade sobralense, seus pré-candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores.
Na ocasião, além dos pré-candidatos, participam do evento os militantes Ailton Lopes, candidato do PSOL ao governo do Ceará nas eleições de 2014 e da presidente estadual do partido, Cecília Feitosa.
Em convite formulado ao Blog Sobral em Revista, a Presidente Municipal do PSOL / Sobral, Maria José Vasconcelos, comunica que a convenção municipal que homologará os nomes de Edmilson Moreira e do Irmão Oliveira, candidatos a prefeito e vice prefeito respectivamente, realizar-se-á no próximo dia 24 de julho, domingo, também na Câmara Municipal de Sobral, com início às 9 horas.
(Via Sobral em revista)

sábado, julho 09, 2016

CENÁRIO POLÍTICO DE MUDANÇAS E RENOVAÇÃO FAVORECE CANDIDATOS DA JUVENTUDE

A sucessão municipal em Ipu, Pires Ferreira, Sobral e Fortaleza tem um ponto de convergência, o que também não será diferente em várias outras cidades do país.
A crise moral que o país passa e o esgotamento da Era Lula - Dilma - PT em muito colaboram para que o ímpeto de mudança do eleitorado cresça. A juventude com seus espírito de renovação tem sido uma espécie de "bola da vez" das sucessões municipais.
Considerando esse contexto, notamos que as cidades citadas acima, se projetam com candidaturas de oposição com grandes chances de vitória.

Em Sobral, o Deputado Moses Rodrigues (PMDB) tem sido uma forte ameaça a hegemonia dos Ferreira Gomes que controlam a cidade há 20 anos. O parlamentar tem feito um intenso trabalho de militância nos distritos e periferia, o qual tem pavimentado mais ainda a sua candidatura. Mas para vencer Ivo Gomes (PDT), candidato apoiado pelo Prefeito Veveu Arruda (PT), Moses precisa ainda promover uma aliança com o também candidato Dr. Guimarães (PSDB). Para isso acontecer já existe uma boa vontade entre Eunício e Tasso.

Em Pires Ferreira, o jovem José Augusto Torres (PSDB), busca acabar com o reinado de 12 anos das Famílias Marques e Aguiar.  A forte militância dos seus pais, o casal de ex-prefeitos Torrim e Corrinha, tem causado muita preocupação e comprometimento no projeto de reeleição da Prefeita Marfisa Aguiar (PDT).

Na Terra de Iracema, Diego Carlos (PDT), após a confirmação do seu nome, tem causado muita empolgação no eleitorado oposicionista. O filho da carismática ex-prefeita Toinha Carlos tem a seu favor a rejeição em larga escala que a população de Ipu tem ao projeto Familiar de poder dos irmãos Rufino que buscam a reeleição do Prefeito Sergio Rufino (PCdoB).

E na capital cearense, Capitão Wagner (PR), o qual já tem confirmado o apoio do PMDB-PSDB, vem numa crescente no eleitorado da capital. O grau de violência que preocupa os fortalezenses também ajuda a aceitação do militar como candidato a prefeito.