domingo, agosto 21, 2016

Sobral: POPULAÇÃO ABRAÇA MOSES E SIDCLEY DURANTE INAUGURAÇÃO DE COMITÊ

Mais um Movimento da “Onda Verde e Branco” aconteceu na manhã do último sábado (20), no Centro de Sobral. O evento arrastou jovens, adultos, idosos e crianças à inauguração do Comitê dos candidatos à prefeitura de Sobral, Moses Rodrigues (PMDB) e Sidcley Tavares (SD). O encontro foi uma verdadeira festa, com grande emoção, marcada pela alegria, satisfação e esperança de renovação, sentimentos estampados nos rostos dos sobralenses.
A caminhada iniciou-se no Açúcar Rey, passou pelo Mercado Público e seguiu pelo comércio, com chegada, concentração e adesivaço em frente ao Comitê, localizado na avenida Dom José. Todo o trajeto foi feito por Moses e Sidcley seguidos por uma multidão de sobralenses, e tendo como ponto alto, o seu discurso, que trouxe a esperança de libertar o povo e trazer renovação da cidade.
“Estamos assumindo o compromisso com o povo de Sobral, de libertar e renovar o povo de uma gestão de mais de 20 anos, que vem declinando Sobral. Vamos resolver os problemas da saúde, como a espera por cirurgias, os graves problemas segurança, que atingem o nosso povo. Nossa cidade não pode avançar sem emprego, precisamos voltar a crescer. Nós podemos sim dar um grito de liberdade”, garantiu Moses.
 


DIEGO CARLOS INAUGURA COMITÊ E ARRASTA MULTIDÃO EM CARREATA

Uma sexta-feira (19/08) pra ficar na história política da cidade de Ipu-CE, região Noroeste do estado, a Coligação "Unidos pela Inovação", do candidato a prefeito Diego Carlos e vice Dra. Ludmila, inaugurou o seu comitê principal, localizado na avenida Coronel José Lourenço, centro da cidade, realizou uma homérica carreata e reuni uma enorme multidão contagiada de entusiasmo nas imediações da Casa de Cultura Professora Valderez Soares, onde ocorreu um comício épico, que ficará marcado nos anais da história política deste município.
  
 
 
 
 
  
 
Fonte: Repórter Francisco Jose

Reriutaba - PT MUNICIPAL CULPA PREFEITO POR CANDIDATURA ÚNICA DE OPOSIÇÃO

Regis Rego do PT de Reriutaba
A cidade de Reriutaba terá apenas um candidato nessa eleição. O atual prefeito Galeno Taumaturgo (Pros) desistiu de reeleição e preferiu voltar à Medicina. Segundo Galeno, ele está “neutro” em toda a eleição e não quer mais nada com política. “Sou médico em Fortaleza. Vou voltar a esse trabalho, mesmo”, diz.
Regis Rego (PT) conta que Galeno decidiu “declinar à reeleição no último minuto do 2º tempo da prorrogação” e, por isso, a coligação não conseguiu se organizar em torno de um nome, que seria o do próprio Regis.
“Lamento. Queria apresentar meu nome, mas não havia condição”, desabafa, admitindo que as restrições financeiras pesaram para a escolha. “É uma dificuldade conseguir recursos. Com essa onda de denuncismo, a disposição de ajudar candidato é muito pequena. A não ser que se tenha condição financeira, é difícil. O dinheiro ainda prevalece e as pessoas são muito carentes”, complementa. Segundo Regis, não houve nenhum acordo com o único candidato, Osvaldo Neto (PDT) que lidera o grupo de opsição.
De acordo com o cartório de Reriutaba, entretanto, Clerton Furtado (PT) efetuou requerimento de candidatura e aguarda decisão judicial. Isabel Mota alega que, pela lei, considera difícil registro após ter expirado prazo de convenções. 
Fonte: O Povo

quarta-feira, agosto 17, 2016

STF AUTORIZA ABERTURA DE INQUÉRITO CONTRA DILMA E LULA

O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, atendeu pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e autorizou a abertura de inquérito para investigar a presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Eles são acusados por suposta obstrução nas investigações da Operaçaõ Lava Jato.
Também serão investigados os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercadante, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Falcão, o ministro do STJ Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e o ex-senador Delcídio do Amaral.

O pedido do procurador é baseado na delação premiada feita pelo então senador Delcídio do Amaral. Em uma das oitivas, o senador acusou a presidenta afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula terem interesse em nomear, no ano passado, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para barrar as investigações da Operação Lava Jato e libertar empreiteiros presos.
Segundo o ex-senador, a suposta tentativa contou com o apoio de José Eduardo Cardozo, que na época ocupava o cargo de ministro da Justiça, responsável por indicar informalmente à Presidência da República nomes de possíveis candidatos e do ex-ministro Aloizio Mercadante.

Outro lado
Em nota, a defesa de Lula afirmou que o ex-presidente jamais interferiu nas investigações da Lava Jato. Os advogados também sustentaram que Lula não se opõe a qualquer investigação, desde que o direito de defesa seja respeitado.
Dilma Rousseff declarou, por meio da assessoria, que não praticou nenhum ato para barrar as investigações da Lava Jato. (Com Folha de S. Paulo e Agência Brasil).

terça-feira, agosto 16, 2016

VEREADOR ADRIANO LAMENTA IPU TER SAÍDO DA ROTA TURÍSTICA DO CEARÁ

Ao fazer uso da tribuna da Câmara Municipal de Ipu, na primeira sessão ordinária do 2ª período legislativo de 2016, realizada na última terça-feira (09/08) o vereador Adriano Melo (PV) abordou o tema turismo, lamentando o município de Ipu  ter saído da rota turística do estado do Ceará.
"É com grande pesar e lamentação que a gente Recebeu esta notícia pois o trabalho que foi feito ao longo de anos se perdeu com o tempo" com essas palavras Adriano se reportou sobre a informação amplamente divulgada na imprensa no mês passado. "Infelizmente nós não tivemos um município de concluído na rota turística da Ibiapaba logo município de Ipu que tem o maior equipamento natural para o turismo da região da Ibiapaba" lamenta.
O parlamentar enfatiza que tal fato acarretará um prejuízo de grandes proporções para o município e cobrou explicações a atual gestão. "Até hoje nenhum esclarecimento, nos foi dado, o motivo no qual a atual gestão, não intensificou e não deu continuidade às políticas públicas necessárias para que o município de Ipu fizesse rol da interiorização do turismo da região da Ibiapaba".
"O prejuízo será para nossa economia, quantos empregos deixaram de ser gerados, pois o turismo é uma grande vocação do nosso município. Nós temos além da Bica, vários equipamentos que poderiam e devem ser divulgados, explorados para esse potencial, de visitação. Infelizmente o município de Ipu fica de fora, do que seria a grande recessão econômica para região da Ibiapaba" enfatiza Melo.
Adriano ressalta ainda que a população é testemunha que nos finais de semana, a quantidade de visitante recebem os municípios de Carnaubal, Ubajara, Tianguá e São Benedito. "Essas cidades recebem famílias que vem do Estado do Piauí e do Maranhão. A Ibiapaba é o portão de entrada desses estados que são nossos vizinhos, além do que o turismo da terceira idade, tem sido bastante intensificado nessa região." destaca, ressaltado ainda que o município poderia receber esses turistas que se hospedariam no município e visitariam os nossos equipamentos turísticos, iriam gastar dinheiro no município de Ipu e consequentemente deixar recursos. "essa oportunidade nos foi tirada" lamenta.
Adriano ressalta que o trabalho junto do governo estado, junto da secretaria de turismo do governo, junto ao governo federal tem que ser retomado. "Será que não basta termos perdido o zelo e cuidado da Bica do Ipu, pois dói no coração de todos nós vermos o maior atrativo turístico da Ibiapaba, sem uma gota d'água, nós já tivemos e outras oportunidades juntamente com outros vereadores desta casa, fazendo a visita no percurso do Riacho Ipuçaba e observamos que a água existe. Nós estamos perdendo a nossa identidade, devemos acordar, para essa grande falha, não podemos perder essa oportunidade, já perdemos muito. Se perdemos a nossa bica do Ipu Com certeza nós perderemos a identidade do Povo ipuense."
Fonte: Ipunoticias.com

domingo, agosto 14, 2016

ARLETE, UMA VEREADORA REACIONÁRIA E QUE IGNORA VALORES COMO O DA DEMOCRACIA E LIBERDADE DE IMPRENSA

Postei um áudio em um grupo de Whatsap na última sexta-feira, 12, fazendo uma análise como homem de imprensa, da postura da pessoa pública Vereadora Arlete Mauriceia, focando exclusivamente no seu desempenho quanto membro do Poder Legislativo e personagem da política ipuense. Em nenhum momento fiz referência à vida profissional da Professora Arlete, pois sua posição quanto profissional concursada esposa de um analista judiciário também concursado, como assim a mesma diz, a mim não interessa e em nada contribui para a formação da minha opinião sobre o seu legado histórico-politico para a Terra de Iracema. Mas fui surpreendido por uma defesa sua sobre as minhas colocações de maneira desproporcional e desleal em minha página pessoal no Facebook. 

A edil, ao invés de apenas contestar as minhas colocações que questionam sua postura de submissão aos caprichos políticos de uma Administração Familiar e Feudal que se instalou no Ipu, bem como a sua posição de complacência no legislativo local – bem diferente do independente e satisfatório desempenho do seu primeiro mandato, como assim enfatizei no áudio - preferiu entrar na minha vida particular-profissional, expondo a minha ação como educador, algo que não lhe compete nem como vereadora nem como “amiga” em uma rede social. 

Arlete se mostrou ser pequena no quesito democracia e liberdade de expressão. Políticos, sobretudo aqueles com mandato, são e sempre serão alvo de questionamentos por qualquer cidadão em uma sociedade com valores democráticos. Não é pelo fato do “sequer foi ou é meu eleitor”, que não podemos questionar um político que legisla sobre os nossos interesses coletivos. Não é pelo fato do “sequer foi ou é meu eleitor” que, como homens de imprensa, podemos deixar de analisar “as aspirações e sonhos na carreira política” de qualquer figura pública que exerce mandato eletivo nesse país. A ditadura e a censura terminaram em 1985 e o PCdoB, partido que a nobre legisladora está agora contraditoriamente filiada, foi um baluarte na luta para que pudéssemos ter essa liberdade de expressão em um país onde os meios de comunicação são controlados pelos grupos políticos partidários.

Nesses 22 anos como profissional da educação, nunca confundi política partidária com sala de aula. Nessa caminhada, a qual a senhora tem seguros testemunhos familiares, sempre me fiz instrumento de compartilhamento de conhecimentos e estratégias para que meus alunos lograssem êxito nos vestibulares e concursos mais  difíceis da nossa região. Nunca fui desligado do trabalho em uma instituição pública ou privada por querelas políticas e, muito pelo contrário, sempre busco ressaltar o exercício da cidadania e a capacidade crítica dos meus alunos para que entendam que “nem todos aqueles que pregam os direitos humanos, são pessoas direitas e humanas”. Eles também são devidamente orientados à saberem que a hipocrisia é um Vírus contamina a classe política desse país, visão esta mais comprovada do que nunca com a desconstrução de um sonho chamado PT. 
E por falar em sonho, quantos políticos brasileiros, de Brasília ao Ipu, passam por mudanças de ideais quando chegam ao poder e são engolidos pelo sistema fisiologista que torna mais fácil uma reeleição? Quantos políticos de inicio brilhante abdicam da condição de ator/atriz principal para serem elenco de apoio?

Lamento a postura da Vereadora Arlete, mas acredito que a mesma foi “contaminada” pelo autoritarismo e perseguição aos membros da imprensa, promovido por seus líderes políticos via subalternos de plantão nos meios de comunicação local. Acredito que após o stress de campanha, a edil irá refletir que no meio político nem todos aqueles que estão ao nosso redor têm a coragem de dizer as verdades que precisamos ouvir.
Quem não quer ser alvo de críticas ou quem não sabe conviver com estas que saia da vida pública!

Quanto à História do Professor Kléber Teixeira na Educação Cearense, ou a de qualquer outro confrade que trilha nos mesmos desafios educacionais que temos, jamais terá sua imagem apagada e muito menos borrada por um ataque reacionário de uma agora simples, simplória e coadjuvante vereadora.

Cidade, Serra e Sertão - QUEM DECIDE AS ELEIÇÕES DE IPU?

A Justiça Eleitoral se prepara para a realização das Eleições de 2016. No dia 02 de outubro os eleitores vão escolher os prefeitos e vereadores dos 5.556 municípios de todo Brasil. A 21ª Zona Eleitoral que corresponde as cidades de Ipu e Pires Ferreira, conta com 41.844 eleitores, sendo 33.808 de Ipu e 8.036 de Pires Ferreira. 
O eleitorado de Ipu é dividido em três setores, Serra, Sede e Sertão. Para se eleger a prefeito de Ipu, o vitorioso deve garantir cerca de 13 mil votos. Já para obter uma cadeira na Câmara de Ipu a coligação ou partido independente deve alcançar cerca de 2 mil votos.
O eleitorado do Ipu está assim distribuído:
A) Serra     6.989 eleitores.
B) Sertão   7.893 eleitores.
C) Sede    18.926 eleitores.

Nas últimas eleições para Prefeito em Ipu, 24.036 eleitores comparecem as urnas e destes 21.991 sufragaram em um dos candidatos ao executivo, ou seja, não votaram em branco ou nulo. 
Confiram o resultado das eleições de 2012:

VEREADORES CRITICAM POSTURA DO PRESIDENTE DA CÂMARA IPU NA CONDUÇÃO DAS SESSÕES

Já não é de hoje que quem for oposição ao Prefeito de Ipu, Sergio Rufino, é alvo de uma má acolhida nas sessões do legislativo ipuense. Em um ambiente o qual deveria ter autonomia ao executivo e representar as manifestações do povo, é comum se ver a fala dos vereadores de oposição na Tribuna serem alvo de vaias e exaltados protestos dos correligionários dos Irmãos Rufino. Os edis reclamam que até funcionários e prestadores de serviço do parlamento municipal, agem com hostilidade a presença e a fala dos mesmos. Já tivemos caso que radialistas de emissoras de oposição foram até ameaçados quando estavam no exercício das suas funções de cobertura.

As sessões desse segundo semestre não começaram de maneira diferente e o presidente Zeca Rufino, irmão do Prefeito, continua sendo alvo de duras críticas dos vereadores oposicionistas devido sua má condução dos trabalhos.
A vereadora Efigênia Mororó tem também reclamado dos projetos dos edis oposicionistas que não são colocados em pauta pelo presidente.
Esse campo minado não tão democrático para os cidadãos de pensamento político discordante da atual gestão, o qual tem na pessoa do seu presidente um explícito apoiador, onde também já virou rotina edis usarem a tribuna para resesolverem suas querelas particulares, tem em muito colaborado para o latente desgaste do Poder Legislativo Ipuense e o anseio de mudanças que uma grande parcela da siciedade ipuense vem demonstrando.

Confiram abaixo matéria do site Ipunoticias relacionada a esse tema.

JUSTIÇA ABRE PROCESSO PARA CASSAR REGISTRO DO PT

Corrupção institucionalizada leva Justiça eleitoral a abrir processo para cassar o registro do Partido dos Trabalhadores. A decisão deverá acelerar o abandono de filiados, que buscarão outras legendas para disputar eleições.
Politicamente em frangalhos e distante dos princípios que nortearam sua fundação em 1980, o PT agoniza. Mas não é só pela falta de credibilidade que a segunda maior legenda do País corre o risco de sumir do mapa. Na semana passada, o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, determinou abertura de processo pedindo a cassação do registro do PT. Segundo Gilmar, há indícios de que o partido foi indiretamente financiado pela Petrobras, que é uma sociedade de economia mista, o que é proibido pela legislação eleitoral. As doações ocorreram por meio de empresas que receberam recursos da estatal com contratos fraudulentos. Os indicativos foram obtidos a partir do cruzamento das informações em documentos judiciais da Lava Jato. Além da implicação criminal, o processo pode acelerar a debandada na legenda.
omente em 2014, o partido recebeu R$ 55 milhões de doações de empreiteiras envolvidas com o esquema de desvios de recursos da estatal. Só a Andrade Gutierrez fez um aporte de R$ 14,6 milhões. Além da empresa, também doaram à legenda a UTC (R$10,8 milhões), Queiroz Galvão (R$ 10,8 milhões), OAS (R$ 11,4 milhões), a Odebrecht (R$ 4,3 milhões) e a Engevix Engenharia (R$ 3,6 milhões). Todas as operações foram registradas no TSE.

Em seu despacho, Gilmar Mendes disse que o processo para apurar as doações ilegais para as campanhas do PT chegou a desaparecer do TSE. O primeiro pedido de providência foi parar nas mãos do então corregedor do TSE, ministro João Otávio de Noronha, em 21 de agosto de 2015. Em 10 de setembro do mesmo ano, Noronha enviou o ofício ao ministro Dias Toffoli, presidente do tribunal na ocasião. Porém, o processo não tramitou mais pela Justiça Eleitoral. Pior: o ofício número 1.240 assinado por Noronha simplesmente desapareceu. O conteúdo do despacho só foi recuperado porque Mendes mantinha uma cópia em seus arquivos informatizados. Ao fazer o levantamento dos documentos localizados na Presidência, Mendes verificou a ausência de um desfecho para o processo, o que motivou um novo despacho.

Fraudes desde 2010
Caso haja uma condenação, o Partido dos Trabalhadores pode ter o registro cassado, e seus integrantes terão de procurar outra legenda, caso queiram concorrer às eleições. O processo foi encaminhado à corregedora-geral eleitoral, Maria Thereza de Assis Moura. Como a ministra se desligará da Corregedoria do TSE em 2 de setembro, a ação deve ficar a cargo do ministro Ministro Herman Benjamin, eleito recentemente corregedor.
Segundo a apuração contida nos autos do TSE, as doações feitas à base de contratos mediante fraudes em licitações da Petrobras ocorriam desde 2010. A UTC, Camargo Corrêa, Engevix, Norberto Odebrecht Brasil e Norberto Odebrecht doaram ao partido, entre os anos de 2010 e 2014, a soma de R$171.946.000,00.
Fonte Época.com

Brasil 2 x 0 Colombia - NEYMAR FOI AO CÉU, MAS POR POUCO NÃO CAIU NO INFERNO

Neymar evitou falar em vingança o máximo que pôde, mas em campo ficou evidente que a Colômbia estava engasgada em sua garganta. Foi contra o país vizinho que o atacante viveu suas maiores frustrações com a seleção brasileira: a lesão que o tirou da Copa do Mundo de 2014 – como esquecer a joelhada de Zúñiga? – e a expulsão infantil que o excluiu da Copa América do ano passado. Neste sábado em Itaquera, porém, Neymar, enfim conseguiu sorrir. Marcou seu primeiro gol na Rio-2016 e saiu nos braços do povo na vitória por 2 a 0. Não sem apanhar e flertar com um novo cartão vermelho.
A caça a Neymar teve início no meio da primeira etapa. E foi justamente ao sofrer uma falta que o camisa 10 encontrou o gol: em cobrança de longe, furou a barreira mal montada e celebrou seu primeiro gol pelo Brasil em 11 meses (foram sete jogos de jejum). A partir daí, não conseguiu jogar. Levou falta dura, ficou caído e o Brasil pôs a bola para fora. A Colômbia, porém, não obedeceu as regras de etiqueta (o famigerado fair play) e tirou Neymar do sério.
O craque deu um pontapé em Andrés Roa e correu o risco de levar um cartão vermelho. Para sua sorte e do Brasil, o juiz turco Cuneyt Cakir contemporizou com um amarelo. Uma nova expulsão certamente complicaria a seleção no jogo – e queimaria o filme de Neymar. Mas como o “se” não existe no esporte, Neymar aproveitou bem a chance de se redimir. Seguiu criando problemas aos colombianos na segunda etapa, com dribles e passes precisos.
Num deles achou Luan, que selou a vitória com um belo chute por cobertura. Mesmo abalado por uma entorse no tornozelo, Neymar correu e se esforçou o jogo todo. E ainda foi a desforra: provocado por Jefferson Lerma, respondeu com um sorriso irônico, enquanto a torcida gritava “eliminado” para os colombianos. Ao apito final, o craque cerrou os punhos e gritou a classificação às semifinais.
Renato Augusto, sempre o mais solícito e cada vez mais firme na posição de capitão moral do time, disse que tentou acalmar os companheiros. “Eles queriam nos desestabilizar e no início a gente entrou no jogo deles. Mas depois nossa equipe se estabilizou. Minha conversa com os mais jovens é algo natural. O Micale me dá essa liberdade”, disse Renato, que chegou a dar uma bronca em Gabriel Barbosa e Neymar por participarem da confusão.
Capitão decorativo, Neymar já demonstrou diversas vezes que não tem perfil para ostentar a braçadeira. Mas tem todos os atributos de um craque. E, como no esporte o resultado é soberano, pode encerrar a Rio-2016 como um dos grandes heróis brasileiros.
Fonte Veja

quarta-feira, agosto 10, 2016

Sobral - VICE DE IVO GOMES É A CONTINUAÇÃO DE VEVEU (PT)

A escolha da vereadora petista Cristianne Coelho (PT) pra ocupar a posição de vice na chapa de Ivo Gomes (PDT) representa a continuidade da administração de Veveu Arruda à frente da prefeitura municipal de Sobral. Cristianne, que foi líder do prefeito na Câmara dos Vereadores, é considerada uma pessoa de confiança do prefeito Veveu e sempre apoiou o projeto de governo da atual administração, mesmo quando esta se pôs contra os anseios da população.
A imposição de seu nome para compor a candidatura majoritária, mostra que o prefeito Veveu segue fortalecido na condução dos destinos de nosso município. 

Impeachment - DILMA VIRA RÉ E DEVE SER JULGADA DIA 25 DE AGOSTO

O plenário do Senado decidiu na madrugada desta quarta-feira, 10, dar continuidade ao impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Por 59 votos a favor e 21 contra, a Casa aprovou parecer da Comissão Especial de Impeachment, tornando-a, com isso, ré no processo. A decisão abre caminho para que ela seja julgada por crime de responsabilidade.
A definição se deu após quase 16 horas de sessão, na qual 48 senadores discursaram. Eram precisos 41 votos para que o relatório passasse (metade dos presentes, mais um). Contudo, o número de senadores que se manifestaram contra Dilma superou o mínimo para aprovar o afastamento definitivo dela – na fase final, são necessários dois terços da Casa (54 parlamentares). Não houve abstenção. Somente o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não votou nesta quarta-feira.
Dilma teve nessa quarta um apoiador a menos que na sessão de 12 de maio, quando o plenário do Senado abriu o processo. O senador João Alberto Souza (PMDB-MA), que se declarou várias vezes contra o impeachment, concordou em tornar Dilma ré.
Os senadores votaram separadamente, na forma de destaques, três das quatro acusações apresentadas no relatório da comissão contra a presidente afastada, aceitando todas elas.
No impeachment, Dilma é acusada de crime de responsabilidade pelo atraso em repasses do Tesouro Nacional para o Banco do Brasil custear empréstimos subsidiados no Plano Safra, uma das chamadas “pedaladas fiscais”. Também responde pela assinatura de três decretos de suplementação orçamentária que autorizaram despesas em desacordo com a meta fiscal vigente.

A sessão final do impeachment poderá ocorrer a partir de 25 de agosto, uma quinta-feira, e não do dia 29, a segunda-feira seguinte, data tida inicialmente como mais provável. A acusação – notificada da decisão às 2h38, após quase 17 horas de sessão – pretende antecipar a entrega de suas alegações finais, em uma estratégia para que os prazos processuais corram mais rapidamente.
A base de apoio ao presidente interino, Michel Temer, trabalha para que o julgamento comece dia 25 para que o afastamento definitivo se dê ainda este mês. A previsão é de que essa etapa dure uma semana. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que conduz o julgamento, concorda com a data, desde que nenhum prazo definido em lei seja atropelado.
Fonte: CearaAgora

Lista da Odebrecht - EDUARDO CUNHA DIZ QUE CID NÃO TEM MORAL PARA FALAR DELE

Com o surgimento do nome do ex-governador Cid Gomes na lista de ex-governadores que teriam recebido propina da construtora Odebrecht, o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), não perdeu a oportunidade para comentar o envolvimento do cearense.
"Falou tão mal de mim, quero ver se terá moral para falar depois", disse Cunha a um amigo.
Em março de 2015, Cid Gomes utilizou o plenário da Câmara dos Deputados para acusar o então presidente da Câmara de achacador. Cid chegou a ser condenado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal a pagar R$ 50 mil de danos morais.

DELAÇÃO EM FASE DE CONCLUSÃO
A delação da Odebrecht está sendo concluída nos próximos dias, e nela constam nomes de governadores, senadores, deputados, prefeitos e executivos. Pelo menos 35 senadores, 13 governadores e dezenas de prefeitos estão na lista como recebedores de propinas de dinheiro desviado da Petrobras.

(Com informações da coluna de Denise Rothenburg - Correio Braziliense).

segunda-feira, agosto 08, 2016

Vídeo: MAIS UMA CAPÍTULO DA HISTÓRIA POLÍTICA DE IPU SERÁ ESCRITO

Com o fim do prazo para encerramento das convenções municipais para os partidos indicarem os candidatos a prefeituras, vice e vereadores, os candidatos foram definidos.
O último partido a realizar a convenção foi o PCdoB que oficializou o nome de Sérgio Rufino como candidato a prefeito e Antonieta Martins a vice. No fim de semana passado o PDT indicou o casal de jovens Diego Carlos e Dra. Ludmila Muniz, aos cargos prefeito e vice. E a primeira convenção em Ipu foi do comerciante Balacó que homologou ele e Lidiane Oliveira a vice.
Após as convenções, os candidatos definidos têm até o dia 15 de agosto para requerer o registro da candidatura junto ao cartório eleitoral.
Fonte Ipunoticias